5 sinais de que o sedentarismo está te matando

Uma pesquisa publicada na revista científica Lancet indicou que as pessoas que passam 8h por dia sentadas, e nem praticam atividades físicas, aumentam em 60% os riscos de morte prematura. Esta mesma pesquisa estima que o sedentarismo custa US$67,5 bilhões de dólares por ano à economia global. “Esse valor faz sentido, já que as pessoas sedentárias tendem a gastar muito mais dinheiro com remédios e tratamentos médicos”, conta Possebon.

O fato é que praticar atividades físicas traz benefícios muito mais importantes do que apenas emagrecer, elas são essenciais para a sua saúde. O preparador físico Vinícius Possebon, criador do Programa “Queima de 48 Horas”, ensina que não é preciso treinar por longas horas na academia manter a saúde em dia. “Treinos de 5 a 15 minutos são suficientes para tirar uma pessoa do sedentarismo”, explica.

Com base em seu programa de homefitness, o especialista destaca: “Qualquer um pode começar a praticar exercícios, sempre respeitando seu tempo e as pausas necessárias para descanso sempre que o corpo pedir”, ensina, reforçando a importância de não desistir. “Continue a praticar exercícios diariamente, que a resistência passa a ficar maior com o tempo”. Possebon também lembra que a comunidade do Q48 também funciona como forma de ajudar as pessoas a não se sentirem sozinhas, criando um importante senso de coletividade.

Para facilitar aos que ainda não praticam atividade física, o especialista listou os 5 sinais de que é necessário começar a fazer exercícios.